segurança quimicolla

BLOG

Segurança na colagem: como prevenir acidentes de trabalho

Para garantir aos profissionais segurança na colagem, é necessário seguir as exigências das NRs voltadas à indústria.

Confira 5 dicas que devem ser adotadas para garantir a segurança na colagem em sua linha de produção!

segurança na colagem Quimicolla

O cumprimento das rotinas de segurança do trabalho é unanimidade em todos os setores industriais. Isso porque seus ambientes possuem alto risco de acidentes, sejam eles físicos, ergonômicos, químicos ou biológicos.  

Por esse motivo, não existe segurança excessiva. Afinal, a integridade física do profissional é o bem mais importante a ser preservado.  

Até mesmo processos que parecem ser inofensivos, como é a colagem, podem ocasionar acidentes. Neste post, veremos o que as Normas Regulamentadoras (NRs) dizem sobre segurança na colagem industrial.

Normas Regulamentadoras de segurança na colagem para a indústria 

Atividades industriais de cada segmento seguem NRs específicas, de acordo com o processo de fabricação. No entanto, há normas gerais recomendadas para serem seguidas nos processos de colagem. Veja alguns exemplos:

NR-06 – EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL – EPI

Utilização de luvas para proteção das mãos;

Utilização de calçados para proteção dos pés;

Utilização de aventais ou uniforme para evitar o contato do adesivo com a pele;

Utilização de máscara no momento da aplicação e manuseio do produto.

NR-09 – AVALIAÇÃO E CONTROLE DAS EXPOSIÇÕES OCUPACIONAIS A AGENTES FÍSICOS, QUÍMICOS E BIOLÓGICOS

Manter o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) atualizado e constando todos os agentes físicos, químicos e biológicos presentes no ambiente de trabalho;

Realizar análise para antecipação e reconhecimento dos riscos;

Avaliar o nível de exposição dos colaboradores ao agente químico;

Definição e execução das estratégias de controle e monitoramento.

NR-18 – CONDIÇÕES DE SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

Adotar práticas para prevenção de incêndio, como:

  • proibir a prática de fumar próximo ao local de estoque ou manuseio do adesivo;
  • evitar qualquer atividade com risco de faísca ou centelhamento;
  • utilizar lâmpadas e luminárias à prova de explosão;
  • realizar a colagem em local arejado ou em cabine específica de aplicação;
  • sinalizar a área com placas indicando “Risco de Incêndio” ou “Risco de Explosão”;
  • manter as embalagens fechadas e seguir as indicações de segurança descritas no rótulo do produto. 

Seguir os seguintes critérios para armazenagem e estocagem de materiais:

  • por ser um material inflamável, o armazenamento do adesivo deve ser realizado em locais isolados, apropriados e sinalizados;
  • seu acesso deve ser permitido somente a pessoas devidamente autorizadas;
  • os profissionais que tenham acesso ao armazenamento devem ser treinados para agir em caso de acidentes;
  • o estoque não pode obstruir a passagem de pessoas, nem o acesso a outros materiais estocados ou dispositivos de controle de incêndio. 

Avaliar os seguintes aspectos para realização de trabalho em locais confinados:

  • monitorar substâncias que podem causar asfixia, explosão e intoxicação no interior de locais confinados.

NR-33 – SEGURANÇA E SAÚDE NOS TRABALHOS EM ESPAÇOS CONFINADOS

Avaliar a atmosfera nos espaços confinados, antes da entrada de trabalhadores;

Testar os equipamentos de medição antes de cada utilização.

5 Dicas para garantir a segurança na colagem

Considerando todos os aspectos legais que devem ser seguidos pela empresa, siga estas 5 dicas para que a segurança na colagem esteja sempre em dia:    

1. Realize treinamentos:

Capacitação constante dos profissionais será o caminho mais eficaz para uma colagem segura, sem desperdício e sem descolagem.

2. Fiscalize:

Acompanhe se os processos estão sendo realizados conforme as regras, se os EPIs estão sendo utilizados corretamente e se todos os cuidados estão sendo tomados.

3. Realize manutenção preventiva predial e dos equipamentos:

Falhas nos equipamentos e problemas de estrutura física são consideradas condições de risco, pois podem provocar acidentes. Colocar manutenções simples em sua rotina é a solução mais eficaz. 

4. Faça exames e consultas periódicas:

Seguindo as determinações da legislação, siga à risca o calendário de consultas e exames periódicos dos profissionais. Assim, é possível detectar algum tipo de problema de saúde ou reação que podem ser controladas ou tratadas antes que virem uma doença de trabalho. 

5. Dê preferência por produtos ecológicos, não inflamáveis:

Dê preferência à adesivos não-inflamáveis, que garantem maior segurança para colaboradores e clientes. Para alguns tipos de colagem, é possível optar por adesivos à base d’água, como os da família Quimieco da Quimicolla

Não se esqueça dessas orientações! Baixe a Cheklist da Quimicolla e tenha sempre por perto tudo que você precisa saber para garantir a segurança de seus colaboradores no processo de colagem:

Checklist:

Como prevenir acidentes de trabalho no processo de colagem?

Adesivos Quimicolla ajudam a garantir a segurança do profissional 

Os adesivos Quimicolla são desenvolvidos seguindo todos os protocolos de segurança. Logo, nossos clientes utilizam produtos de qualidade e adequados para o manuseio seguro na linha de montagem ou fabricação.

Por isso, a empresa recebeu a certificação ISO de Qualidade. Essa conquista representa confiabilidade e responsabilidade, atestando que sua colagem é realizada de acordo com todas as normas de segurança. 

Outra vantagem oferecida pela Quimicolla é o laboratório de testes. Aqui, você pode conhecer melhor o produto antes de utilizá-lo em larga escala na linha de produção. Agende sua visita!

A Quimicolla conta com adesivos e solventes de diferentes composições, para atender a sua necessidade de colagem industrial. Para conhecer nosso catálogo de produtos, clique aqui:

Publicações relacionadas