BLOG

Curiosidades sobre o setor náutico e o uso dos adesivos na produção

Setor Náutico no Brasil

De acordo com um estudo realizado pelo Sebrae, o setor náutico contempla um conjunto de empresas com atividades diversas, sendo algumas envolvidas com a produção de embarcações, outras ligadas à manutenção e venda de peças, e ainda, aquelas ligadas à oferta de serviços de guarda e conservação, ou seja, de apoio náutico. Neste contexto pode-se afirmar que o setor da indústria náutica é uma poderosa cadeia de geração de emprego e renda, fonte de inovação tecnológica, geração de divisas internacionais e de preservação do meio ambiente.

O Relatório Náutico da Indústria Brasileira de 2012 apresentou um cenário sobre este setor no país, cuja frota de embarcações de esporte e recreio acima de 16 pés é aproximadamente 70.000 embarcações (lanchas e veleiros); com uma geração de empregos diretos em estruturas de apoio náutico no país aproximadamente 7.000 trabalhadores e cerca de 5.000 trabalhadores temporários; e as marinas são, ainda, a base de trabalho de cerca de 9.000 marinheiros particulares e seus auxiliares (pagos pelo proprietário das embarcações). A indústria náutica brasileira está mais concentrada nas regiões sul e sudeste, com destaque para os estados de São Paulo com (35% do total de estaleiros), Santa Catarina (21% do total) e Rio de Janeiro (14%), movimentando a cifra de R$ 5,3 bilhões de reais no ano de 2010 e possuindo 840 empresas em operação no ano de 2011, que empregavam mais de 40 mil trabalhadores.

Esse bom desempenho da indústria náutica afeta diretamente os fornecedores dos mais diversos componentes. No caso do segmento de adesivos industriais, os focos são principalmente o uso específico em madeiras e na movelaria das embarcações de luxo, uma vez que costumam ter acomodações como sala e quartos.

 

O uso dos adesivos no setor náutico

Para o setor náutico existe uma exigência diferente no uso dos adesivos, já que precisam entrar em contato direto com água, enfrentar chuva ou ainda sofrer danos causados pela maresia. Os produtos Quimicolla são altamente resistentes a água e formulações específicas, que evitam o perigo de dissolver o material, temos três linhas de produtos diferentes que comportam o setor náutico, são elas: Quimifix, Quimifort e Quimisolv.

Quimifix: Esta linha é formada por adesivos à base de poliuretano (PU), de excelente desempenho. Apresentam alta resistência à hidrólise e ao calor, são reativados entre 65° e 70°C. Recomendados nos segmentos: automotivo, calçadista e náutico. Temos adesivos de baixa, média e alta viscosidade, são aplicados a pincel, máquina de rolos e pistola, indicados para diversos tipos de colagens como: couro, sintéticos, enfeites, taloneira, virar tiras, montagem, cordas, ráfias etc. Temos também produtos que não precisam de reativação usados para materiais mais sensíveis ao calor como forro em cabedal e verniz.

Quimifort: Esta linha é formada por adesivos à base de policloropreno (CR) ou borracha termoplástica (TR). Suas principais características estão no alto rendimento, versatilidade de aplicação e dispensam reativação. Recomendados nos segmentos: calçadista, moveleiro, automotivo, náutico e construção civil. Temos adesivos de baixa, média e alta viscosidade, são aplicados a pincel, máquina de rolos, spray aerossol, espátula dentada e pistola, indicados para diversos tipos de colagens como: forrações em geral, tapeçaria, capotaria, preparação de materiais sintéticos, forração de palmilhas, pisos vinílicos, espumas, madeira, ferro, tecido, EVA, artesanatos etc.

Quimisolv: Nossa linha quimisolv é formada por diversos solventes limpadores, diluentes, primers, reticulantes e halogenantes, todos garantem um processo de ancoragem ainda melhor quando aplicado juntamente com os adesivos Quimicolla.

Publicações relacionadas