BLOG

Como ter um processo sustentável na fabricação de calçados

Adotar processos socialmente responsáveis e ecologicamente corretos na fabricação de calçados pode trazer bons resultados e fortalecimento da marca.

Preocupação com questões ambientais e sociais podem ser diferenciais para a empresa

O modelo de gestão empresarial sustentável vem se consolidando nas últimas décadas e tem sido considerado pré-requisito para muitos investidores e clientes. Mesmo parecendo algo complexo e que exige mudanças e gastos significativos, pequenas atitudes do dia a dia podem fazer a diferença e trazer resultados efetivos para a fabricação de produtos e prestação de serviços. Na indústria calçadista, são inúmeras as possibilidades de fazer diferente e produzir produtos com menor impacto ambiental e maior ganho econômico e social. Neste artigo, separamos algumas dicas e explicações para que você possa começar hoje mesmo a adotar medidas sustentáveis na sua linha de produção. Confira!

O que é sustentabilidade?

Em resumo, o conceito de sustentabilidade empresarial considera a convergência dos aspectos econômico, ambiental e social na tomada de decisões, possibilitando que os diversos processos da empresa causem o mínimo impacto possível ao meio ambiente, sejam financeiramente viáveis à organização – a curto, médio e longo prazo – e que respeitem as necessidades sociais, como cumprimento de leis e garantia de direitos e deveres dos colaboradores e dos consumidores.

Isso significa que a empresa precisa ter consciência do seu papel na sociedade e, consequentemente, tomar decisões pautadas na perenidade e fortalecimento do negócio ao longo dos anos, pensando hoje nas possíveis necessidades futuras.

Como adotar o modelo de gestão sustentável na empresa?

São várias as possibilidades de implantar um modelo sustentável, mas, inicialmente, é preciso consolidar essa mudança de atitude em todas as ações e projetos da empresa. Antes de começar qualquer atividade, precisa ser avaliado o que pode ser feito melhor e de maneira mais eficiente, considerando a tríade ambiental, financeira e social.

Contudo, é possível dar os primeiros passos com ações muito simples, estimulando o consumo consciente de materiais de escritório, economizando água e energia elétrica, promovendo uma gestão mais transparente e participativa e, principalmente, envolvendo a equipe nesse novo modo de pensar. Caso contrário, será muito difícil ter efetividade nas ações.

Sustentabilidade na fabricação dos calçados

A produção de um calçado envolve vários processos, que começa no design do produto, passa pela compra dos materiais e produção das peças e finaliza-se na venda e distribuição aos clientes. Certamente, em cada uma dessas etapas, é possível melhorar e implantar várias ações. Vejamos alguns exemplos:

Design: o passo inicial para ter um processo de fabricação sustentável é investir em produtos ecologicamente corretos. Na etapa de desenvolvimento do calçado, o layout do modelo e a escolha dos materiais já podem ser pensadas nesse sentido.

Por exemplo, por que não considerar materiais reciclados, naturais ou biodegradáveis para a produção da peça? Ou então, por que não lançar uma linha de caçados veganos?

Obviamente, esses não são pré-requisitos, mas podem ser algumas opções a serem consideradas.

Se a empresa não deseja seguir por esse caminho, pode simplesmente optar por tecidos, couros e outros produtos que sejam ambientalmente corretos, envolvendo a área de compras na seleção de fornecedores eticamente comprometidos.

Compra: a etapa de compra tem papel muito importante na promoção da sustentabilidade. Isso porque a escolha dos fornecedores é fundamental para garantir que sejam comprados insumos e materiais alinhados a esses preceitos. Por exemplo, será que a madeira utilizada na montagem dos calçados não é proveniente de área de preservação ambiental? O couro não foi obtido por meio de caça ilegal? Colaborar com empresas que realizam essas práticas e comprar produtos de origem duvidosa pode trazer grande risco à imagem da empresa caso tais informações sejam descobertas.

Certamente a preocupação não deve ser apenas essa, mas outros aspectos também podem ser considerados na hora da escolha, como preocupação ambiental e qualidade.

Para a etapa de colagem dos calçados, uma dica valiosa é escolher produtos à base d’água, como os da Linha Quimieco da Quimicolla. O adesivo ecológico tem eficiência superior aos adesivos produzidos à base de solvente (após a cristalização), isso porque possui um teor de sólidos maior. Dessa forma, o filme de adesivo fica mais emborrachado, aumentando a resistência final de colagem e a flexão, característica importante em calçados que oferecem maior conforto ao usuário. Além disso, o adesivo ecológico ainda possui o diferencial de não agredir o meio ambiente, não apresentar risco de incêndio, já que o produto não é inflamável, e ser de fácil limpeza e remoção durante o processo de fabricação. 

Se você ficou curioso para saber mais informações sobre esse produto, confira em nosso site.

Produção: na etapa de produção do calçado, são inúmeras as possibilidades de implantar a sustentabilidade, principalmente ao adotar o conceito dos 3Rs (reduzir, reciclar e reutilizar), que originalmente está ligado à produção de resíduos, mas que pode servir como base para o processo de fabricação. Veja algumas dicas:

  • Reduzir: é possível reduzir a produção de resíduos na fabricação e, principalmente, o desperdício de matéria-prima. Investir em treinamentos das equipes e adotar processos bem definidos podem trazer resultados muito efetivos nesse sentido.
  • Reutilizar: é normal que no processo de fabricação haja sobras de tecidos e couros após o corte para montagem do calçado.Já imaginou que esses “retalhos” podem ser utilizados para montagem de catálogos ou amostras, servindo de material de propaganda para a área comercial? Outra ideia é utilizar esses pedaços de substratos para confecção de acessórios para alguns modelos de calçados, agregando valor estético e financeiro às peças.

Usando a criatividade, é possível aproveitar ao máximo o material comprado, inclusive de outras formas além das citadas anteriormente, o que significa melhor aproveitamento econômico e ambiental, pois esses produtos não serão descartados no lixo.

  • Reciclar: outra medida bacana a ser adotada é implantar um sistema de separação e reciclagem de todos os materiais utilizados na produção, desde embalagens de produtos até sobras da produção.Algumas empresas compram alguns tipos de materiais reciclados, o que ainda pode gerar receita, ou então é possível doar esses materiais para cooperativas de recicladores, ajudando comunidades mais carentes e exercendo uma ação de responsabilidade social.

Embalagem: os calçados geralmente são envolvidos em papel de seda e colocados em caixas para a comercialização. Uma dica é adotar materiais reciclados para montagem dessas caixas, ou até mesmo colocar dicas na embalagem do produto indicando ao cliente algumas formas de reutilizá-las em casa ou orientações de como descartá-la corretamente.

Outra ideia para a embalagem é investir em formatos e materiais alternativos, como, por exemplo, ecobags. Em vez de levar para casa uma caixa, que muitas vezes vai para o lixo, o cliente ganha um “brinde” que pode ser utilizado para ir ao mercado ou à feira. Nessa ecobag pode estar estampada a marca da empresa. Ou seja, uma estratégia de divulgação da marca. Já pensou nisso?

Parceiros que também se preocupam com a sustentabilidade

Para que a sustentabilidade seja de fato um ciclo e tenha resultados efetivos para todos, é essencial que as empresas busquem fornecedores e parceiros que tenham as mesmas preocupações.

Por isso, antes de comprar de uma empresa, verifique se ela adota processos que não agridem o meio ambiente, se o relacionamento com clientes e fornecedores é realizado de maneira transparente e ética e se ela oferece mecanismos que garantam a qualidade do produto fornecido.

A Quimicolla é uma empresa que preza pela sustentabilidade e oferece produtos cujo processo de fabricação tem o mínimo impacto ambiental, a exemplo da linha QuimiEco, cujos adesivos são 100% ecológicos.

Além disso, a Quimicolla conta com uma equipe de técnicos especialistas que auxiliam as empresas compradoras para que adquiram e utilizem os melhores produtos, com assertividade e sem desperdício. Conheça os demais produtos do nosso catálogo e solicite a visita de um de nossos técnicos para lhe ajudar a adotar essas e outras ações sustentáveis na utilização das colas adesivas na fabricação.

Publicações relacionadas